terça-feira, 26 de janeiro de 2016

RESENHA: O PODER DA ESPADA

Título: O Poder da Espada
Série: A Primeira Lei #1
Páginas: 480
Autor (a): Joe Abercrombie
Editora: Arqueiro (2013)

Sinopse: 
Sand dan Glokta é um carrasco implacável a serviço da Inquisição de Sua Majestade. Nas mãos dele, os supostos traidores da Coroa admitem crimes, apontam comparsas e assinam confissões – sejam eles culpados ou não. Por ironia, Glokta é um ex-prisioneiro de guerra que passou dois anos sob tortura. Mas isso nunca teria acontecido se dependesse de Logen Nove Dedos. Ele jamais deixaria um inimigo viver tanto tempo. Só que isso foi antes. Agora ele está decidido a mudar. Não quer ser lembrado apenas por seus feitos cruéis e pelos muitos inimigos que se alegrarão com sua morte. Já a felicidade do jovem e mulherengo Jezal dan Luthar seria alcançar fama e glória vencendo o Campeonato de esgrima, para depois ser recompensado com um alto cargo no governo que lhe permitisse jamais ter um dia de trabalho pesado na vida. Mas há uma guerra iminente e ele pode ser convocado a qualquer momento. Luthar sabe que, nos campos do Norte gelado, o embate segue regras muito menos civilizadas que as do esporte. Enquanto a União mobiliza seus exércitos para combater os inimigos externos, internamente se formam conspirações sanguinárias e um homem se apresenta como o lendário Bayaz, o Primeiro dos Magos, retornando do exílio depois de séculos. Quem quer que ele seja, sua presença tornará as vidas de Glokta, Jezal e Logen muito mais difíceis. Agora a linha que separa o herói do vilão pode ficar tênue demais.

A Primeira Lei, trilogia escrita por Joe Abercrombie, me foi indicada diversas vezes no decorrer de 2015. Com a Black Friday chegando, resolvi economizar um pouco pra já comprar O Poder da Espada, primeiro livro da trilogia, juntamente de outros que eu vinha desejando.


Logen Nove Dedos Vs. Shanka.

Logen Nove Dedos é um excelente guerreiro nórdico, conhecido por seu povo como "Nove Sangrento". Logo no início, Logen tem o azar de cruzar seu caminho com o dos terríveis Shankas (Orcs macacos, talvez. Não sei). Logen trava uma luta com as criaturas e despenca desfiladeiro abaixo, mas consegue sobreviver. Após a queda, Logen está sozinho, machucado, longe de seu grupo de guerreiros, mas, pelo menos, está vivo.

Logen possui um dom muito curioso que o ajuda a descobrir que existe um mago à sua procura. Após vagar solitário, Nove Dedos encontra-se com Malacus Quai, um garoto franzino, aprendiz do grande mago que está procurando Logen. Malacus então leva Nove Dedos diretamente para seu mestre, Bayaz, o Primeiro dos Magos.



Bayaz, o Primeiro dos Magos.
Sand dan Glokta já foi um esgrimista de primeira e um ótimo soldado. Serviu na guerra contra Gurkhul, onde foi capturado e feito prisioneiro por anos. Durante esses anos preso, Glokta sofreu as mais absurdas torturas, torturas essas que destruíram sua carreira e sua vida. Agora, o antigo campeão da União é um aleijado que trabalha como Inquisidor, a pedido de Sua Majestade. Glokta usa de sua inteligência, sarcasmo e técnicas agonizantes de tortura para arrancar confissões de supostos traidores da Coroa, com a ajuda de Frost e Severard, seus dois práticos.

Sand dan Glokta.

Jezal dan Luthar é um militar. Ainda garoto, conseguiu chegar onde está graças ao status de sua família e o dinheiro de seu pai. Jezal é arrogante, presunçoso, mesquinho e irritante. Com a aproximação de um novo campeonato de esgrima, Jezal precisa se esforçar para suportar os pesados treinos com o Major West e o Marechal Varuz, ambos antigos campeões da União. Jezal almeja a vitória, para que assim possa mostrar seu valor, conseguir subir de patente e, maiormente, para se vangloriar disso pelo resto da vida.



Em um dado momento, Jezal, Glokta e Logen irão se juntar, conforme os planos de Bayaz, e partir para uma aventura repleta de perigos e surpresas.



Esse livro é merecedor de todas as críticas positivas que eu já tive o prazer de ler. Joe Abercrombie acertou em cheio!

Com uma narrativa em terceira pessoa, que mostra pontos de vista distintos, O Poder da Espada te prende da primeira até a última página. Joe usa e abusa de diálogos inteligentíssimos e de fácil compreensão, sem deixar aquele ar de confusão no leitor.

O mundo criado por Joe Abercrombie é bem curioso e bastante explorado nesse início de trilogia, nos mostrando basicamente todos os lugares mais importantes da trama.

A descrição dos cenários é um dos pontos mais fortes de Joe Abercrombie. Castelos, salas de tortura, torres e muito mais, são descritos com maestria, de um jeito que transporta o leitor para o ambiente narrado.

As cenas de tortura com Glokta e seus práticos são magníficas, muitos realistas, detalhadas e, na maioria das vezes, perturbadoras.

Os personagens são um show à parte. Logen Nove Dedos é um cara bem enigmático, que ostenta um passado obscuro e sangrento. Parte desse passado vem à tona nas páginas finais do livro, nos dando uma ideia do quão selvagem o personagem é.

Glokta é, sem sombra nenhuma de dúvidas, o ás na manga de Joe Abercrombie. Um personagem que tem tudo para ser odiado acaba sendo o mais amado. A inteligência, o sarcasmo e as piadas de Glokta nos lembram muito o anão Tyrion Lannister, personagem das Crônicas de Gelo e Fogo.

Já com Jezal a coisa é diferente. Mesmo sendo perfeito em relação a Glokta, o garoto é nojento. Seus pensamentos são racistas e inúteis. Podemos notar no decorrer da trama uma mudança mínima nas atitudes do personagem, o que, a meu ver, foi o suficiente para que eu não quisesse mais matá-lo.

Claro que existem outros personagens. Alguns tão bons quanto os outros, mas prefiro deixar pra comentar em uma próxima oportunidade, pois se eu for comentar aqui, vou acabar estendendo muito a resenha.

A edição está belíssima, com poucos erros de gramática e ortografia e uma boa diagramação. Só acho que faltou um mapa. Não sei se é a minha edição, mas faltou um mapa.

Avaliação:

Bom, galera. Esse livro é altamente indicado para todos os fãs de George R.R. Martin. Espero que tenham gostado da resenha.

Não se esqueçam de deixar suas opiniões nos comentários aqui embaixo.

Até a próxima!

  • O Poder da Espada - #1
  • Antes da Forca - #2
  • O Duelo dos Reis - #3


12 comentários:

  1. Faltou um mapa mesmo, toda a trilogia vem sem ele. Dá uma procurada na internet que você acha, ou depois eu te mando um mesmo.

    Vai lendo os seguintes que as coisas só melhoram! o/

    http://desbravandolivros.blogspot.ie/2014/03/resenha-o-poder-da-espada-joe.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, vou dar uma caçada nesse mapa por aqui, Vagner.

      Cara, já adorei o primeiro livro e, se as coisas só melhoram nos próximos, tenho certeza que a trilogia entrará na minha lista de favoritos!

      Abraços, cara! Obrigado pelo comentário! Divirta-se por aí!

      Excluir
  2. Oi, Phelipe.
    Nem uma surpresa. Essa parece ser mais uma obra que lerei por causa de você e do Vagner. Não reclamo: vocês podem me fazer gastar horrores, mas pelo menos acrescentam livros fantásticos em minha vida.

    Beijos,
    Celly - http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marcelly.
      Bom saber que você gosta das minhas indicações. Não vou nem comentar sobre o Vagner, pois ele já chegou no nível de mito huauhauhauhauha.

      Se ainda não leu O Poder da Espada, leia, e prepare-se pra conhecer um dos personagens mais bem construídos que eu já tive o prazer de ler.

      Abraços!

      Excluir
  3. Olá :)
    Eu realmente tenho muita curiosidade sobre essa série e já me apresso a começar a ler pois a Arqueiro vai trazer outra série do autor ainda esse ano, adorei a resenha uma pena que o livro não vem como mapa :(

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Sim, realmente é uma pena que o livro não venha com um mapa. Ajudaria muito se tivesse um, mas mesmo sem o mapa o livro é fantástico! Vale muito a pena ler e, prepare-se, pois se apaixonará pelo personagem que mais deveria ser odiado!

      Abraços!!

      Excluir
  4. Viva! Também quero muito ler esse livro este ano.
    Abraço e boas leituras. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Bem-vindo ao Bravura Literária!

      Pode ler sem medo, ainda me faltam ler os dois seguintes, mas já posso afirmar que a trilogia entrará na lista de melhores livros que já li!

      Obrigado pela visita! Volte sempre.
      Abraços!

      Excluir
  5. Viva,

    Gostei muito desta trilogia só tenho pena que por cá não continuem a publicar este excelente escritor e posso dizer que vai melhorar nos seguintes ;)

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tô quase finalizando a leitura do segundo volume, Fiacha, e posso dizer que me surpreendi com o desenrolar da obra, que não segue aquele estereótipo de "o segundo livro da série é o mais fraco". A história só melhora e fica mais intrigante!
      Com certeza é uma das séries que ficarão pra sempre na memória!

      Abraço!

      Excluir
  6. Oi, Phelipe.

    O livro parece ser bastante genioso, tramas e politicagem. Estou criando coragem para ler, mas espero que não tenha muitas cenas de tortura, acho muito pertubador.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Franciely :)
      Ah! Pode ler sem medo. As cenas de torturas são mais cômicas do que perturbadoras. hahahaha

      Excluir