sábado, 11 de junho de 2016

#ESPALHEFANTASIA - 5 SÉRIES DE FANTASIA PUBLICADAS NO BRASIL

"A magia só não existe pra quem não lê fantasia."

Na literatura, a fantasia é o gênero que apresenta elementos imaginários e sobrenaturais em seu enredo. É um gênero que viola as regras da realidade com seus animais falantes, diferentes tipos de magias, criaturas mitológicas e muito mais.


Foi pensando em divulgar esse gênero que vários blogueiros e leitores se juntaram e criaram a campanha #ESPALHEFANTASIA, onde todos os participantes cederam um pouco de seu precioso tempo para indicar as 5 séries fantásticas já publicadas no Brasil que merecem ser lidas por um número considerável de pessoas.

Vamos começar?

A Crônica do Matador do Rei - Patrick Rothfuss.
Sinopse O Nome do Vento: Ninguém sabe ao certo quem é o herói ou o vilão desse fascinante universo criado por Patrick Rothfuss. Na realidade, essas duas figuras se concentram em Kote, um homem enigmático que se esconde sob a identidade de proprietário da hospedaria Marco do Percurso. Da infância numa trupe de artistas itinerantes, passando pelos anos vividos numa cidade hostil e pelo esforço para ingressar na escola de magia, O nome do vento acompanha a trajetória de Kote e as duas forças que movem sua vida: o desejo de aprender o mistério por trás da arte de nomear as coisas e a necessidade de reunir informações sobre o Chandriano - os lendários demônios que assassinaram sua família no passado.

Se você estiver procurando por uma fantasia que foge do convencional, com um sistema de magia envolvendo elementos químicos (?), com personagens ímpares e muito bem desenvolvidos, com música e uma pitadinha de mistério, O Nome do Vento é uma excelente leitura. Patrick Rothfuss é o criador d'A Crônica do Matador do Rei, uma das obras mais aclamadas dos últimos anos. Aventure-se nos Quatro Cantos e acompanhe Kvothe nessa aventura e junte a nós na eterna espera pelo livro que encerra a trilogia!
Música que cai bem durante a leitura: alguns fãs criaram uma trilha sonora não-oficial da obra de Patrick Rothfuss: The Name of The Wind - Unnoficial Soundtrack

Mistborn - Brandon Sanderson.
Sinopse O Império Final: Certa vez, um herói apareceu para salvar o mundo. Um jovem com uma herança misteriosa, que desafiou corajosamente a escuridão que sufocava a Terra. Ele falhou... Desde então, há mil anos, o mundo é um deserto de cinzas e brumas, governado por um imperador imortal conhecido como Senhor Soberano. Todas as revoltas contra ele falharam miseravelmente. Nessa sociedade onde as pessoas são divididas em nobres e skaa - classe social inferior -, Kelsier, um ladrão bastardo, se torna a única pessoa a sobreviver e escapar da prisão brutal do Senhor Soberano, onde ele descobriu ter os poderes alomânticos de um Nascido da Bruma - uma magia misteriosa e proibida. Agora, Kelsier planeja o seu ataque mais ousado: invadir o centro do palácio para descobrir o segredo do poder do Senhor Soberano e destruí-lo. Para ter sucesso, Kel vai depender também da determinação de uma heroína improvável, uma menina de rua que precisa aprender a confiar em novos amigos e dominar seus poderes. 

Brandon Sanderson criou um dos sistemas de magia mais complexos e fascinantes que eu já tive o prazer de ler:  Alomancia. Além de um excelente sistema de magia, o livro nos apresenta o universo no qual a maioria das obras do escritor são ambientadas e também um dos personagens mais bem construídos de todos os tempos. Repleto de reviravoltas e cenas de ação, Mistborn - O Império Final é altamente indicado para todos que desejam se aventurar em algo totalmente novo na fantasia. Atualmente, Brandon Sanderson é um dos escritores de fantasia (se não O escritor de fantasia) mais renomado no exterior. A Editora Aleph já está com os direitos para a publicação das séries The Reckoners e The Stormlight Archive.
Música que cai bem durante a leitura: Twinborn, por David Gruwier.

Ciclo das Trevas - Peter V Brett.
Sinopse O Protegido: Ao cair da noite, eles surgem por todos os lados, famintos por carne humana, demônios de areia, de vento e até de pedra, conhecidos como terraítas. Depois de séculos, a humanidade definhou e se tornou refém da escuridão. Arlen, Leesha e Rojer, jovens sobreviventes, atrevem-se a lutar e encarar as trevas. O jovem Arlen recebe os ensinamentos de um mensageiro e descobre que o medo, mais que os demônios, é o mal a ser combatido. Leesha tem a vida destruída por uma simples mentira e se torna ajudante de uma velha e misteriosa ervanária. E o destino de Rojer muda para sempre quando um menestrel chega à sua vila com uma rabeca. Juntos, eles podem oferecer ao mundo uma última, e fugaz, chance de sobrevivência.

A maior aposta da DarkSide no gênero fantasia. Assim como em Mistborn, Ciclo das Trevas possui um dos sistemas de magia mais bem criados de todos os tempos e personagens muito bem desenvolvidos. Peter V Brett fugiu um pouco do convencional e investiu no que chamamos de Dark Fantasy, onde, além dos elementos característicos da fantasia clássica, também temos elementos de horror.
Música que cai bem após a leitura: não é só uma música, mas o álbum Slayer of God, por Brymir.

Trilogia A Primeira Lei - Joe Abercrombie.
Sinopse O Poder da Espada: and dan Glokta é um carrasco implacável a serviço da Inquisição de Sua Majestade. Nas mãos dele, os supostos traidores da Coroa admitem crimes, apontam comparsas e assinam confissões – sejam eles culpados ou não. Por ironia, Glokta é um ex-prisioneiro de guerra que passou dois anos sob tortura. Mas isso nunca teria acontecido se dependesse de Logen Nove Dedos. Ele jamais deixaria um inimigo viver tanto tempo. Só que isso foi antes. Agora ele está decidido a mudar. Não quer ser lembrado apenas por seus feitos cruéis e pelos muitos inimigos que se alegrarão com sua morte. Já a felicidade do jovem e mulherengo Jezal dan Luthar seria alcançar fama e glória vencendo o Campeonato de esgrima, para depois ser recompensado com um alto cargo no governo que lhe permitisse jamais ter um dia de trabalho pesado na vida. Mas há uma guerra iminente e ele pode ser convocado a qualquer momento. Luthar sabe que, nos campos do Norte gelado, o embate segue regras muito menos civilizadas que as do esporte. Enquanto a União mobiliza seus exércitos para combater os inimigos externos, internamente se formam conspirações sanguinárias e um homem se apresenta como o lendário Bayaz, o Primeiro dos Magos, retornando do exílio depois de séculos. Quem quer que ele seja, sua presença tornará as vidas de Glokta, Jezal e Logen muito mais difíceis. Agora a linha que separa o herói do vilão pode ficar tênue demais.

Certamente é uma das melhores trilogias já escritas. Joe Abecrombie teve o cuidado de criar personagens fantásticos que beiram a realidade em seus atos. Com cenas de ação muito bem descritas, reviravoltas estonteantes e muitas tiradas irônicas e sarcásticas, a trilogia toda é recomendadíssima para todos.
Música que cai bem durante a leitura: Blodmarsch, por Finntroll.

O Senhor dos Anéis - J.R.R. Tolkien.
Já era de se esperar que a maior obra fantástica de todos os tempo fosse ser citada nessa postagem, não é? J.R.R. Tolkien utiliza as características mais clássicas da fantasia em sua magnum opus. É difícil encontrar algum fã do gênero que ainda não tenha lido e relido a trilogia e as demais obras do autor que se passam no mesmo universo. Se ainda não leu, leia.
Música que cai bem durante a leitura: a banda Blind Guardian possui um álbum INTEIRO inspirado no livro O Silmarillion e mais algumas músicas que são inspiradas nas demais obras de J.R.R. Tolkien. O álbum é o Nightfall in Middle-earth.

Menções Honrosas

A Roda do Tempo - Robert Jordan.

Nobres Vigaristas - Scott Lynch.

As Crônicas de Gelo e Fogo - G.R.R. Martin.

As Fronteiras do Universo - Philip Pullman.

Chamas do Império - Diego Guerra (nacional).

Depois disso tudo, o que você está esperando pra começar a ler fantasia? Saia da zona de conforto, desbrave novos mundos e viaje entre as maravilhas que a fantasia tem oferece!

Não se esqueçam de digitar #ESPALHEFANTASIA na caixa de pesquisa do seu Facebook para poder acompanhar todos as postagens de leitores e blogueiros que se juntaram nessa campanha!

Lista de blogs que estão participando:
E assim eu encerro minha postagem de hoje:

0



34 comentários:

  1. Obrigado por representar tão bem os clássicos do estilo com essa lista!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Anderson!
      Dei uma olhada lá no INtocados e já tô de olho em Dragonlance. Essa campanha foi excelente pra descobrir coisas novas!

      Um forte abraço!

      Excluir
  2. Ótimas indicações! Eu não li todos, inclusive ainda não li o livro do Diego Guerra. Mas tenho certeza de que é excelente, assim como as demais obras citadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, bem-vinda ao Bravura!
      O livro do Diego foi uma excelente surpresa pra mim! A história é excelente, com pitadas de Joe Abercrombie e G.R.R. Martin, mas com o toque pessoal do Diego. Ele tem um talento excelente pra descrever batalhas e criar personagens carismáticos!
      Estou com o primeiro livro da série do Kasse aqui e o primeiro do Beraldo também. Logo menos vou atrás do meu exemplar que inicia a trilogia que você escreveu!

      Um beijo, Ana. Volte sempre!

      Excluir
  3. Boa lista! Bem diversificada, com o lirismo da Crônica do Matador do Rei contrastando com a escrita mais direta e sem floreios do Abercrombie, a obra épica do Tolkien com todos aqueles que viriam posteriormente serem os clichês da fantasia e a quebra de paradigmas que o Sanderson propõe nos livros dele! Só não li o Ciclo das Trevas, esse eu ainda estou devendo, mas excelente lista.

    Pô, poderia ter colocado as músicas do Blind Guardian pra Roda do Tempo e pras Crônicas de Gelo e Fogo tb! Foi uma ótima ideia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rapaz, cê tá perdendo uma das melhores obras de fantasia dos últimos tempos! Tem que ler Ciclo das Trevas o quanto antes!!
      Se eu fosse colocar mais músicas do Blind Guardian o post ia ficar gigantesco!! É uma das minhas bandas favoritas!

      Um forte abraço, João! Volte sempre aqui!!

      Excluir
  4. Hahahaha, adorei a menção honrosa!!! Mistborn com certeza é maravilhoso, melhor impossível

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mistborn é um dos melhores livros que eu li no ano passado! Tô enrolando a leitura d'O Poço da Ascensão pra já emendar com a leitura do terceiro quando esse for lançado. Sem sombra de dúvidas é a obra com o sistema de magia mais complexo e fascinante que eu já li.

      Um forte abraço, Francisco! Volte sempre aqui!!

      Excluir
  5. Ainda estou tentando me recuperar da barra que é terminar o segundo livro de Mistborn, hahahaha. Obra fantástica.
    Estou chegando à conclusão de que vou ter que colocar o Joe Abercrombie na minha lista de futuras leituras...muita gente indicando, hahaha.
    Ótima sacada das músicas do Blind Guardian!

    http://bookwormscientist.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Blind Guardian é só uma das melhores bandas de Heavy Metal de todos os tempos. O som dos caras é animal e as inspirações são as melhores!
      O que cê tá fazendo que ainda não leu a trilogia A Primeira Lei? Arruma um tempinho e coloca os livros na frente da sua fila de livros. Surpreenda-se com Jezal, acompanhe os distúrbios de personalidade de Logen e dê muita risada com Glokta!

      Um beijo! Volte sempre aqui!!

      Excluir
  6. a grande maioria eu já vi nos outros, mas não diminuiu meu interesse, só aumentou! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bota tudo na sua lista de leitura e seja muito feliz, Pedro! HAUHAUAUHAAU

      Um forte abraço!

      Excluir
  7. Nossa que bacana! Adorei a lista! Tem muitos livros daí que quero ler, inclusive Mistborn uma amiga minha leu e achou o máximo. O senhor dos anéis não consegui assistir os filmes kkk, mas tenho muita curiosidade em ler os livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, Carla, Mistborn é uma maravilha e dá até um deprê depois que você termina o primeiro livro. Quem já leu toda a trilogia diz que é uma das melhores já lançadas!
      Tenta assistir aos filmes d'O Senhor dos Anéis, Carla. Os livros possuem uma narrativa bem carregada e complicada, o que torna a leitura mais demorada e, algumas vezes, cansativa. É a maior obra de fantasia de todos os tempos, os livros são excelente, sendo O Retorno do Rei o mais lindo de todos (os apêndices são coisas de doido!), mas são beeeeeem cansativos. Tem que ser fã mesmo ou estar na vontade extrema de ler. AHUAHHAUAHAA
      Sugiro que comece por O Hobbit, que é uma leitura mais leve.

      Um beijo, Carla!

      Excluir
  8. Com tanta gente indicando O Ciclo das Trevas ele já tá pulando na frente de muito livro na fila de leituras, mas aí tu vem e me diz que é Dark Fantasy? :O Aí me caiu os butiás do bolso!!! Vou ter que colocá-lo como primeiro da lista. XD
    Adorei as menções honrosas, só com elas dava pra fazer outro post incrível. ^^

    *Pompilio ferrando minha programação de leitura, again. Hahaha

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei o motivo de você estar enrolando tanto pra ler. Larga de heresia e desbrava a obra do Brett logo, Mari! HUAHAUAUAHUAHU
      Minhas menções honrosas são as obras que ganharam um espaço no meu coração. A Roda do Tempo é dona da maior metragem HAHUAHUUAUHA.

      Um beijo, Mari!

      Excluir
  9. Só série foda, e a lista ainda serviu pra me lembrar que preciso terminar O Senhor dos Anéis. Vamos ver se em 2017 eu consigo tirar isso a limpo! haha

    http://desbravandolivros.blogspot.ie/2016/06/campanha-espalhefantasia.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como eu já disse lá na página, prepare-se pras lágrimas no final d'O Retorno do Rei! AHUAHUAHAAUHAUHA

      Um abração, Vagner!

      Excluir
  10. Estão na minha lista de desejados A Crônica do Matador Rei e Ciclo das Trevas, esse último principalmente devido aos elementos de horror, pois sou fascinada por esse gênero.
    Eu tentei ler O Senhor dos Anéis. Depois de muito esforço consegui terminar o primeiro livro, mas achei a leitura extremamente cansativa. Por enquanto não tenho coragem nem vontade de ler os demais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também achei a leitura cansativa, Jaqueline, e isso que sou fã declarado dos filmes e pesquiso sobre tudo da série nas redes sociais, mas a escrita do Tolkien não me cativou mesmo. Vou ver se leio o 2º ano que vem e mudo a minha opinião.

      Excluir
    2. Vagner, eu nunca assisti aos filmes. Fiquei traumatizada com o livro que não quis arriscar. Rsrs
      Vou tentar assistir ao primeiro filme qualquer hora e quem sabe não me deslumbro com o mundo criado por Tolkien e me animo a ler os demais livros! ☺️

      Excluir
    3. Sou fã e confesso: O Senhor dos Anéis é uma leitura beeeeeeeeeeem cansativa e carregada. O leitor precisa estar o mais sossegado possível e, principalmente, no clima pra ler a obra. Apesar dos pesares, não é à toa que é a obra de fantasia mais aclamada do mundo todo por diversos leitores do gênero. Vale a pena investir nos livros e assistir a versão estendida dos filmes! Vagner, se você ainda não assistiu as versões estendidas, assista.

      Um beijão, Jaqueline.
      Um abraço, Vagner!

      Excluir
  11. Ótima lista, Phelipe, parabéns!

    Como dizia Sir Prattchet, a fantasia é como uma bicicleta ergométrica para a mente. Pode não levá-lo a lugar algum, mas fortalecem os músculos que podem!

    Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Wagner!
      Você citou o Pratchett aí e eu lembrei que preciso dar andamento nas minhas leitura de Discworld. Tenho todos os e-books aqui. Vou encaixá-los na minha lista desse ano!

      Um forte abraço, Wagner!

      Excluir
  12. Ok. Cada vez mais eu começo a ficar agoniada por ainda não ter conseguido ler "A Primeira Lei" .-. Tenho de ler, mas eta pobreza ç.ç E Teatro da Ira... Já tá na minha lista @.@ Dos que você falou, são os únicos que ainda não li ou ao menos comecei xD
    E Blind Guardian é <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gabrielle, saiba que O Teatro da Ira tem uma leve semelhança com A Primeira Lei. Pode ir com tudo que você vai curtir muito!
      Como eu já disse, Blind Guardian é uma das melhores banda de Heavy Metal do mundo!

      Um beijão!

      Excluir
  13. Gostei bastante da lista, e inclusive já li todos que você citou (exceto "O Teatro da Ira", que foi listado nas menções honrosas, mas, por tudo o que já ouvi falar até agora, deve ser muito bom).
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já pode encomendar o seu exemplar com o Diego Guerra, Laís. A leitura é mais do que indicada se você gostou da trilogia A Primeira Lei e d'As Crônicas de Gelo e Fogo.

      Um beijo!

      Excluir
  14. Lista muito boa, vários clássicos aí. Preciso ler Primeira Lei o quanto antes, tá na lista de todo mundo!

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deixa de enrolação e lê logo! HAUHAUAHHAUA
      Tem resenha dos três livros aqui no blog!

      Um abraço!

      Excluir
  15. Excelente lista. Vários dos títulos também estão na minha lista de melhores, significando o quanto nós gostamos destes autores.

    EEEEEEEEiiiii... eu devia ter pensado em pôr menções honrosas também. rsrsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, tem tanta série que eu tive que colocar as menções honrosas! Eu Não podia deixa A Roda do Tempo e As Crônicas de Gelo e Fogo de fora dessa campanha!

      Um forte abraço, Paulo!

      Excluir
  16. Desde que você falou da ideia de mesclar série com musica, eu to ansioso pra ler sua postagem. Dessas daí eu tenho que ler Ciclo das Trevas esse ano ainda, se não não vou fechar o ano bem. Eu sei que vou curtir muito mesmo. Verei se consigo ler nas próximas férias, aí eu vou fundo na leitura... Vamos combinar que são dois volumes dos grandes e vão demandar tempo, haha. Postagem maneira demais Phelipe :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, a escrita do Brett é tão boa que cê nem sente o tamanho do livro. Tenho certeza absoluta que você vai gostar!

      Abração, Leo!

      Excluir